2007-07-14

CREOULA: O NAVIO E A HISTÓRIA




O actual navio de treino de mar CREOULA reflecte orgulhosamente a história longa de 70 anos do lugre bacalhoeiro CREOULA.

O navio é, para além de uma unidade utilíssima na divulgação do Mar entre os Portugueses, um autêntico museu vivo, cheio de tradições e beleza.

Para além de muitos amantes do mar, o CREOULA tem inspirado também a criação artistica, caso do pintor de marinha Fernando Lemos Gomes, cuja interpretação do CREOULA (colecção particular de Raquel Sabino Pereira), se encontra temporariamente a bordo do navio desde 10 de Maio último.
Texto e fotografias de Luís Miguel Correia. Direitos reservados (copyright)

4 comentários:

LisbonGirl disse...

O Creoula é um barco lindo! Este blog é o máximo!

Mais um blog fantástico da Sailor Girl e de Luís Migeul Correia!:) Parabéns!

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

Lisbongirl,

Obrigado em meu nome e no da Raquel pelas palavras de estímulo. O CREOULA é de facto muito bonito e um testemunho de uma época de grandes actividades marítimas que entretanto passou à história. O CREOULA merece toda a divulgação e interesse. Daí este espaço...

Álvaro Costa disse...

No Facebook põe-se a questão do nome do barco. Porquê "CREOULA" e, não, "CRIOULA"?

Álvaro Costa disse...

No Facebook põe-se a questão do nome do barco. Porquê "CREOULA" e, não, "CRIOULA"?